Entrevista com a trupe de palhaços Plantão Sorriso. O histórico do trabalho com o Plantão Sorriso é lembrado, a partir da reflexão sobre a trajetória de seus integrantes entrevistados. Os palhaços valorizam a importância da formação com os Doutores da Alegria, e também as contribuições do palhaço Picolino e Xupetin para a trupe, que surgiu no ano de 1996. As diferenças e proximidades entre o trabalho de palhaço de hospital e de palco são abordadas nos diálogos da conversa. A exaustiva pesquisa do palhaço, sua essência subversiva, e seu papel na sociedade também são elementos que povoam a prosa. Por fim, algumas histórias inusitadas sobre o atendimento em hospitais são lembradas.