Entrevista com o diretor do Armazém Companhia de Teatro, fundada no ano de 1987 em Londrina, e com sede hoje no Rio de Janeiro. Nesta conversa Paulo de Moraes fala sobre a importância de José Antonio Teodoro para sua visão de direção cênica. A trajetória do Armazém em terras vermelhas é rememorada, especialmente a montagem de ‘A tempestade’ de Shakespeare, que teve a participação de Paulo Autran no elenco. No final da conversa algumas reflexões sobre a política pública para o teatro são articuladas pelo diretor.