A Construção de um teatro popular: a experiência do processo de montagem da peça “Homens Livres” da Cia. Teatro de Garagem

O objetivo deste artigo é propor uma reflexão sobre teatro popular a partir da experiência do processo de montagem da peça “Homens Livres” da Cia. Teatro de Garagem de Londrina. Propomos destacar alguns aspectos teóricopraticos que partem da investigação e análise dos processos de organização desta Cia que contribuam com a construção de uma perspectiva de teatro popular. Sistematizamos algumas pistas dessas aproximações em três formas de ‘ler’ as experiências teatrais dessa natureza específica, são elas: 1) Teatro e estética popular: teatro de rua, elementos circenses e épicos; 2) Teatro de Grupo e Criação Coletiva e; 3) Teatro e sua Crise de Público.

Download em PDF




A onda, os tubarões e os mergulhadores: diálogos dramáticos e literários da Cia. Teatro de Garagem, de Londrina-PR

O presente trabalho pretende traçar um breve panorama do teatro moderno ocidental a fim de explicitar a pesquisa das potencialidades da linguagem teatral empreendida pela Cia. Teatro de Garagem, de Londrina – Pr., que procura assimilar modelos estéticos (teatrais e literários) de forma a incorporá-los na construção de um projeto estético próprio. Para tanto, exemplifica-se o processo dramatúrgico do grupo através da análise das peças Bendita Geni (2008) e De volta à platéia (2009), duas de suas mais relevantes produções em termos de pesquisa estética.

Download em PDF




Fragmentos sobre capitalismo e lutas libertárias na Pós-modernidade. Terrorismos poéticos e zonas autônomas temporárias como possibilidades de enfrentamento

Download em PDF